Notícias

Vereadores aprovam criação de comissão para investigar prefeito licenciado

Vereadores de Teresópolis, na Região Serrana do Rio, aprovaram nesta quinta-feira (9) a criação de uma comissão processando por 10 votos contra um para investigar o prefeito Mário Tricano. De acordo com os vereadores, serão apuradas questões relacionadas ao não pagamento dos salários dos servidores, de benefícios como vale-alimentação e vale-transporte, além da falta de repasses ao Fundo Previdenciário do município.

Durante a sessão, que durou 1h40, os parlamentares também falaram sobre as acusações protocoladas pelo prefeito. Mario Tricano fez uma denúncia ao Ministério Público sobre um suposto esquema de fraude envolvendo todos os vereadores da cidade.

A servidora pública, Catia Borges, acredita que a criação da comissão é uma grande vitória.

“É o começo de tudo. E que a verdade venha de fato, que ele seja julgado. Se está tudo certo, se ele tem tudo para provar, ele tem que ficar tranquilo. Se não está, que ele seja cassado”, afirma a servidora.

Para a reportagem, o prefeito Mário Tricano afirmou que ainda não tomou conhecimento da sessão.

Afastamento

Na sessão desta quinta também seria votado o afastamento do prefeito, mas os vereadores afirmaram que por entenderem que Mário Tricano já está licenciado, preferiram não fazer a votação.

O prefeito pediu licença em agosto deste ano. No dia 25 de outubro, os vereadores solicitaram que o prefeito retornasse às suas funções, mas Tricano entrou com uma liminar na Justiça para continuar licenciado.

No dia 26 de outubro, Mário Tricano afirmou à Inter TV que entre os motivos particulares que o fizeram tirar a licença está a reforma de seus três imóveis.

Fonte: G1

west_banner_site
Clique para Comentar

Deixe uma Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais Acessadas

To Top