Comunidade

Mutirão conserta ponte no Caleme

Parte da frustração de moradores do Caleme foi sanada esta semana. Depois de mais de cinco anos esperando que os governos tomassem uma providência com relação a uma ponte, que foi comprometida durante a tragédia ocorrida em 2011, moradores resolveram arregaçar as mangas e fazer a obra por conta própria.

A ponte em questão fica na rua Canário. Durante a tragédia, a passagem foi levada pela enxurrada. Depois disso, foi improvisada. A obra definitiva foi prometida, mas nem só de promessas vivem os eleitores. Moradores da parte alta do bairro temia ficar ilhados. Chegaram a informar que, quando compram móveis ou eletrodomésticos, caminhões de entrega não passavam pela ponte. Por isso, tinham que pegar os itens antes da ponte e improvisar transporte até as residências.

Depois da longa espera, pessoas afetadas resolveram se unir. Cada um colaborou com uma quantia ou material. Teve gente que ofertou o serviço. Com isso, tapara o buraco que havia interditado o local. O trecho estava demarcado pela Defesa Civil há longos meses. Já que o conserto não aconteceu, tiveram que assumir a responsabilidade. Mais de 15 pessoas participaram do mutirão, que aconteceu no último final de semana.

Na página pessoal, na internet, uma moradora fez questão de ressaltar que “a obra não teve ajuda de político”. Segundo postagem, foram os afetados que compraram cimento, pedra e areia para fazer os reparos urgentes.

 

west_banner_site
Clique para Comentar

Deixe uma Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais Acessadas

To Top